Distritos e povoados

Ipameri tem dois Distritos que são: Domiciano Ribeiro e Cavalheiro.

Domiciano Ribeiro fica a 140 km de distância da sede do Município, enquanto que Cavalheiro 75 km.

Os Povoados são: São Sebastião da União, Vila Pacheco (Antigo Posto 127), Vendinha, Raul Gonçalves e Inajá, sendo que o segundo foi posto de parada de trens da Estrada de Ferro enquanto que os dois últimos têm suas antigas Estações Ferroviárias desativadas.

Domiciano Ribeiro


Exibir mapa ampliado

Situado a 140 km de distância da sede do Município de Ipameri, localizado as margens da BR-050 (entre os municípios de Cristalina e Campo Alegre de Goiás), conforme o mapa.

Descrição do Trajeto: partindo de Ipameri em direção a Pires do Rio - GO pela GO – 330, percorrendo aproximados 40 km até o trevo da GO 020, percorre pela GO 020 aproximados 70 Km, cruzando a Região da Chapada, até chegar ao trevo que liga a referida GO a BR 050, daí percorre-se aproximados 30 Km em Direção a cidade de Cristalina, estando o distrito a margem esquerda da rodovia. Todo o percurso esta em boas condições de tráfego, sendo quase todo asfaltado, com exceção do trecho de 11 km da GO 020 que não se encontra asfaltado.

Histórico: Criado oficialmente pela Lei Municipal nº 83, de 31 de dezembro de 1953, o Distrito de Domiciano Ribeiro recebeu tal nome em homenagem a um garimpeiro que vivia no até então povoado, que surgiu em virtude da atividade de garimpo de aluvião.

Moradias e Infra-estrutura: Composto por cerca 875 residências de pequeno e médio padrão construtivo, distribuídas em algumas ruas e avenidas, sendo as mais antigas pavimentadas. O abastecimento publico de água é feito pela SANEAGO através de dois poços artesianos com capacidade aproximada de 58 (cinqüenta) mil litros por hora juntos; conta com um posto desativado da companhia de telefonia e com uma subestação de distribuição elétrica da CELG.

Economia: Seus moradores, 3.381 habitantes, trabalham em sua maioria junto às fazendas e empresas da redondeza, no plantio de eucalipto, colheita de batatas, tomates, etc. O distrito conta com uma fabrica de beneficiar batatas e um pequeno comercio, composto por 02 supermercados, 02 hotéis, 03 lanchonetes, 06 lojas e vários bares, servinho a comunidade local e gerando empregos.

Atenção Publica: O povoado conta uma agencia dos correios, posto policial, posto do uma escola primaria, um colégio de ensino fundamental e médio, 01 posto do PSF (consultas medicas, odontológicas e vacinação), uma creche em construção, dentre outros órgão e instituições. O local recebe limpeza publica todos os dias e coleta de lixo é feita 03 vezes por semana, recolhimento de entulho via contêiner.

Lazer: O distrito conta com uma quadra de esportes e um campo de futebol, um local destinado a construção de uma praça, um pequeno clube aquático particular, 02 danceterias, 01 salão de eventos da paróquia, dentre outros.

Fonte das informações: informações levantadas pelo GT Comunitário de elaboração do Plano Diretor Participativo junto a Sub – Prefeitura local e aos moradores da localidade.

Povoado da Vendinha


Exibir mapa ampliado

Localizado a 25 KM da cidade de Ipameri-Go na Rodovia GO 213 que liga Ipameri a Caldas Novas conforme mapa.

Descrição do Trajeto: partindo de Ipameri em direção a Caldas Novas (GO 213) percorrer 14 km e virar a direita conforme placa indicativa no local. Daí percorrer mais 11 km por estrada municipal bem sinalizada, em boas condições de tráfego.

Histórico: não de tem uma data precisa sobre o surgimento do povoado, conforme relatos de alguns moradores, o povoado surgiu em torno das duas construções mais antigas: a capela e o "grupo escoar" , construídos na década de 40, por fazendeiros da localidade.

Moradias e Infra-estrutura: Composto por cerca 14 residências de pequeno padrão construtivo, distribuídas em 04 ruas não pavimentadas e as margens de uma área centralizada ociosa destinada para a construção de uma futura praça, o povoado conta com 01 capela, 01 escola primaria (atualmente desativada), 01 unidade do PSF – Posto de Saúde da Família , 01 barracão destinado realização de eventos festivos e uma pequena mercearia.

Dispõe ainda de um orelhão, poço artesiano para o abastecimento publico e energia elétrica.

Economia: Seus moradores, cerca de 60 habitantes, trabalham junto às fazendas vizinhas (na lida com a pecuária leiteira, de corte e na agricultura) e dependem da sede do município constantemente na busca de serviços públicos, comerciais etc.

Atenção Publica: O povoado conta com PSF (consultas medicas, odontológicas e vacinação), limpeza publica (recolhimento do lixo via container) uma vez a cada 15 dias, e transporte dos estudantes, tendo que buscar os demais serviços públicos na sede municipal.

Fonte das informações: informações levantadas pelo GT Comunitário de elaboração do Plano Diretor Participativo junto aos moradores da localidade.